Novidades

Setembro verde – campanha de prevenção ao câncer de intestino

O mês de setembro é recheado de várias campanhas sociais que servem de alerta para população. Combate ao suicídio (setembro amarelo), à prevenção ao câncer de intestino e o setembro verde inclusivo, campanha que estimula a inclusão na sociedade de pessoas com deficiência intelectual e múltiplas na sociedade.

Essas duas últimas utilizam a cor verde como marca das campanhas, talvez poucas conhecidas do grande público, mas de extrema relevância para a sociedade. Setembro também tem o verde da esperança para a importância das iniciativas.

A cor foi escolhida devido ao verde remeter à esperança e a data coincidi com o Dia da Árvore, que representa o nascimento das reivindicações de cidadania e a participação em igualdade de condições além de ser o mês que inicia a primavera, provocando a acessibilidade e inclusão em todos os aspectos.

A campanha de prevenção ao câncer de intestino foi idealizada pela Sociedade Catarinense de Coloproctologia (SCCP/ABRAPRECI/SBCP), com o objetivo de orientar a população sobre a existência da doença, oferecendo informações gerais, lembrando a necessidade da realização dos exames preventivos e ressaltando a importância da doação de órgãos.

Segundo a Secretaria de Saúde de Goiás, apenas no primeiro semestre de 2020, foram realizados 104 transplantes de órgãos em Goiás (rins e fígado) e 131 transplantes de tecidos (córneas). Mesmo com a Covid-19, os procedimentos não deixaram de ser realizados em Goiás.

Enquanto no Brasil a redução dos transplantes renais foi de 18%, Goiás é citado no Registro Brasileiro de Transplantes do primeiro semestre de 2020 como um dos três Estados que apresentaram aumento dos transplantes de rins nesse semestre junto com Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

A campanha também alerta para o crescimento do índice do câncer de intestino em adultos jovens e também estimula à doação de órgãos, 27 de setembro é considerado como o dia nacional de doação de órgãos.

A outra campanha trata do setembro verde inclusivo, criada pelos movimentos sociais em 1982, tendo o dia 21 como dia nacional da luta das Pessoas com Deficiência. O objetivo é dar visibilidade à inclusão social da pessoa com deficiência, denunciando assim a falta dessa inclusão.

Esse é um movimento de conscientização para ajudar a pessoa com deficiência a superar a barreira social e para alertar os governantes e sociedade civil sobre a necessidade de se fazer cumprir a Lei nº 13.146, que institui a Lei Brasileira de Inclusão – LBI (Estatuto da Pessoa com Deficiência), aprovada pelo Congresso Nacional em 2015.

Durante todo o mês de setembro as associações de pais e amigos de excepcionais (APAE) de todo o pais realizam palestras, convenções e debates sobre inclusão social. Este ano devido a pandemia do Covide-19 os eventos estão acontecendo de maneira remota.

Verifique também

Lançamento do APP da ANSEF Nacional

A ANSEF Nacional apresenta o novo aplicativo (APP) desenvolvido para ser o canal mais prático …